OTR nada mais é do que “Off the Road” ou Fora de Estrada. São pneus feitos especificamente para atuar em terrenos anormais, duros e profundamente irregulares, como aqueles encontrados em mineradoras, pedreiras, grandes obras de construção civil e usinas. Na fabricação dos pneus OTR são utilizadas tecnologias diferenciadas e resistência superior à dos pneus rodoviários. Possuem a estrutura da carcaça e os compostos de borracha apropriados para suportar as severas condições que são submetidos em obras de infraestrutura, pedreiras, minas de superfície ou subterrâneas, setor agropecuário, operações portuárias e industriais.

Suas principais características são:

  • Elevada capacidade de carga;
  • Sulcos profundos e maior área de contato, resultando em maior vida útil;
  • Maior resistência a cortes e arrancamentos, potencializando o desempenho da lateral; 
  • Não são preparados para velocidade. O limite estabelecido é entre 10 e 100 km/h ficando bem atrás de um pneu de automóvel e caminhão que podem atingir velocidades acima de 100 Km/h;
  • Na aplicação OTR, temos pneus tanto de máquinas, quanto de caminhões.

As dimensões de um pneu OTR são bem curiosas: alguns modelos podem chegar a 4 metros de altura, 1,5 metros de largura e 5,7 toneladas. Este modelo é desenvolvido para equipar os grandes caminhões de mineração para o escoamento de minério, terra ou rochas. Estes veículos podem transportar cargas acima de 400 toneladas, ou seja, 100 toneladas por pneu individualmente. Mas atenção: os pneus OTR são feitos para transportar grandes cargas e o trabalho deve ser feito em etapas de até 8 km de distância.

Assim como os pneus de carros de passeio, os OTRs também são divididos por dois tipos de estrutura: 

  • Radial: utiliza lonas de aço na carcaça, a banda de rodagem com maior profundidade de sulco, durabilidade e estrutura resistente a corte, maior absorção a impactos e perfurações e tem consumo de combustível reduzido. Possuem maior área de contato com o solo, porém o aquecimento é inferior comparado a outros pneus do mercado. Tem maior durabilidade e menor resistência ao rolamento.
  • Diagonal: utiliza nylon ou poliéster e possui sulcos mais profundos, aumentando sua vida útil e recapabilidade. Tem excelente resistência a danos causados por rochas e arrancamentos devido à sua tração superior e estabilidade lateral. Este modelo foi desenvolvido para qualquer tipo de erosão, inclinações de variados graus. São pneus reconhecidos por suas características físicas, como largura e altura, tipo e profundidade de banda de rolagem, desempenho em campo como flutuação e tração, estabilidade, resistência e dirigibilidade.